0

Intercâmbio na Irlanda: Entenda como Funciona

Quem sonha fazer um intercâmbio com certeza já pensou na Irlanda como um dos prováveis países para isso. Talvez pela facilidade de visto ou pela possibilidade de estudar e trabalhar legalmente, ou até mesmo por ser um dos países mais econômicos e acessíveis da Europa. Fazer intercâmbio na Irlanda tem inúmeras vantagens, mas antes de arrumar as malas e sair correndo para o aeroporto é necessário saber como funciona o processo para emissão de visto de estudante. E apesar de parecer um processo complicado, ele é simples e é mais fácil do que o processo para o visto de outros países como EUA e Austrália.  Nesse post eu listarei quais são as regras para isso.

gnib-intercâmbio

Regras da Imigração

Antes de tudo você deve saber quais são as novas regras da Imigração Irlandesa para estudantes que deu inicio em 20 de janeiro de 2016. Sendo assim os estudantes não europeus que desejam fazer um intercambio na Irlanda terão apenas 8 meses de visto. Esses 8 meses são divididos em 6 meses de aula + 2 meses de férias e também é válido para quem quiser renovar o visto. O aluno deverá ter no mínimo 85% de presença nas aulas e poderá trabalhar por 20 horas semanais durante as aulas. Durante as férias o aluno poderá trabalhar por até 40 horas semanais durante os meses de junho, julho, agosto e setembro, e de 15 de dezembro a 15 de Janeiro. Os alunos poderão solicitar o período de férias após ter cumprido um terço do período de aulas (dois meses). A liberação varia de acordo com a política de cada escola.

Comprovação Financeira

O aluno deverá comprovar que tem condições de se manter no país por no mínimo 6 meses, isso significa que você deverá ter um montante de 3 mil euros. As formas de se comprovar esse valor são as seguintes:

– Extrato de conta bancaria estrangeira com menos de um mês de emissão, mais um extrato anterior e o cartão de débito vinculado a conta e que permita saques no exterior. Lembrando que o titular da conta deverá ser o próprio estudante.

– Extrato de cartão pré-pago (débito ou crédito) com fundos suficientes de acordo com o valor solicitado.

– Comprovante de Instituição financeira irlandesa. Como por exemplo conta corrente em um banco irlandês ou  através de Bank Draft (saiba mais aqui e aqui).

Matrícula e Seguro

Você também deverá estar matriculado em uma Instituição de Ensino credenciada e possuir seguro saúde obrigatório. Geralmente quando você contrata o pacote de intercâmbio com uma agência o seguro obrigatório já está incluído.

intercambio

O visto será emitido quando você já estiver no país, ou seja, quando você chegar no aeroporto e passar pela imigração, você receberá um visto provisório. Depois você deverá comparecer na escola no seu primeiro dia de aula e a escola irá fornecer alguns documentos necessários para a emissão do seu visto. Com todos os documentos em mãos e o comprovante de renda (3mil euros), você deverá comparecer no GNIB (Garda National Immigration Bureau) para receber o visto de estudante. Quando se contrata o intercâmbio por uma agência, provavelmente eles irão te dar todo o suporte necessário para isso.

Além de todo esse processo, você também deverá se preocupar com a acomodação, ou seja, onde você irá morar durante o seu intercâmbio no país. Geralmente nos pacotes oferecidos pelas agências estão incluídos uma ou duas semanas de acomodação. Depois você precisa correr atrás e encontrar um lugar para morar, mas falaremos disso em outro post.

Espero que com esse post vocês tenham uma noção de como é o processo para emissão de visto de estudante na Irlanda. O processo pode parecer complicado, mas na verdade não é, como eu disse, é muito mais simples e fácil do que tirar o visto para os Estados Unidos. A Irlanda é um país maravilhoso para se morar e com certeza um é ótimo destino para o seu intercâmbio.

Posts Relacionados

Amanda

Viajar é minha vocação, tenho o espírito livre e detesto os caminhos convencionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *